BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Girassol



De uma forma tão inesperada, como uma bomba que explode de repente, Eu abri os olhos e vi que estava só contando com você. Meu braço direito e esquerdo, minhas pernas, meu chão, o salto alto da minha melissa vermelha. Tudo aquilo que eu nunca permiti que alguém fosse. Vc entrou, se meteu em um lugar que não era seu e se apossou.

Não sei voltar atrás porque você me deu a mão e fechou os meus olhos. Me levou para um caminho que não sei sair se você não estiver junto. Inexplicavelmente um caminho lindo e desconhecido e olha que não gosto de surpresa. Mas assim como tudo em que você coloca as mãos se transformam em passes de mágica, minha vida hoje vive em um número teatral, em que eu estou na primeira fileira, ansiosa e entusiasmada esperando pelo seu próximo número.

E as vezes você me pergunta qual é o meu medo. Qual é o meu medo?
É simplesmente porque eu estou numa cama imobilizada enquanto você me traz o que eu preciso pra comer e beber. E sem você nada anda pra frente. Sem você não tem combustível. Tremo na base só de pensar que sempre há a possiblidade de você olhar pro lado e encontrar um brilho maior. Acreditar que eu posso estar distante daquilo que você precisa e assim encontrar uma inocencia não tão inocente. Uma atenção mais atenta, uma memória mais eficiente.

Estou constantemente sentada em um Montanha Russa, onde a adrenalina esta sempre em alta, vivendo sempre na espectativa de que você venha logo. Com o apertozinho que me faz lacrimejar quando você tem que ir. Com o coração pulsando forte toda vez que ouço sua voz. Com a intensidade batendo na porta do meu quarto, e do meu coração. Me fazendo dar as maiores gargalhadas e as mais dolorosas lágrimas.

E assim depois de tudo, é facil ver que todos os elementos que compoem o conjunto da minha vida tem o seu toque.
Me tornando assim como um girassol. Que esta sempre virando na direção do sol que o alimenta.

2 comentários:

Thayná Borges & Rafael Santos disse...

;O
não sou de comentar né ? sempre digo isso hahaha

Incrível como a srta, ou a sua personagem anda muito apaixonada hein ? ops, inspirada hahahaha

mandou mt mandinha ;p

beijooo

Bebê disse...

"Não sei voltar atrás porque você me deu a mão e fechou os meus olhos."

Que orgulho que eu tenho da minha amiga escritora!

Te amo demais!